segunda-feira, 25 de julho de 2011

PRECISO SER

Preciso andar ligeiro
acordar cedo
Ir à igreja
Bater cartão
Andar na moda
Comer salada
Ser aprovado
Pelo patrão

Preciso saber nadar
Subir escada
Lavar o carro
Fugir do não
Encolher os ombros
Estancar o choro
Aprender o ofício
De olhar pro chão

Preciso aceitar o açoite
Ser muito forte
Esquecer a morte
Saber a direção
Abrir o sorriso
Acostumar com a saudade
Encarar a dor
De andar na contramão

Preciso ser discreto
Assoviar mansinho
Pisar macio
Pelo salão
Gostar de sítio
Ganhar dinheiro
Economizar
Fugir da ilusão

Preciso andar com rédeas
Quebrar os discos
Ouvir as regras da sociedade
Manter-se na posição
Virar fantoche
Respirar, até pode
Contanto que sobre
Oxigênio nesse balão

Preciso ser outro homem
Agradar a todos
Negar a tudo
Não sair de encenação
Apenas para Deus
Não preciso ser
Além do que sou
Aqui dentro do coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário